Bolo Lêvedo dos Açores


Muitos comentários eu li já acerca dos bolos lêvedos dos Açores e do quanto eles são bons. Até que há uns tempos decidi experimentar e fazer em casa. Já conheço bem o bolo do caco mas nunca tinha experimentado bolo lêvedo, muito menos fazer em casa. 
Ao longo de uns dias pesquisei várias receitas pela internet fora e vi alguns vídeos de açorianos a explicar por preparar estes pãezinhos doces. Resolvi colocar mãos na massa e fazer os meus.
O resultado final foi incrível! Um bolo lêvedo, adocicado e ainda quentinho, barrado com manteiga dos Açores... que contraste, que delícia. Fiquei muito fã e agora, uns meses depois, partilho com vocês a receita. Espero que vocês experimentem em casa, não se vão arrepender.


Ingredientes:
- 500g farinha de trigo sem fermento;
- 125gr açúcar
- 125gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente
- 7gr de fermento desidratado para pão
- 200ml leite morno
- 2 ovos tamanho M
- 1 colher de chá de sal


Preparação:
Vamos começar por activar o fermento. Para isso, coloque numa taça o leite morno, junte 2 colheres de sopa do total do açúcar e mexa bem. Acrescente o fermento e misture. Deixe a mistura repousar 10 minutos ou até começar a fazer bolinhas, isso é sinal que o nosso fermento está activo.

Eu usei a minha batedeira com gancho para massas, mas é claro que podem fazer de forma tradicional, à mão.
Então, na taça da batedeira coloque a farinha, o restante açúcar, o sal, a manteiga e a mistura de fermento e leite. Ligue a batedeira e trabalhe até a massa formar uma bola bem lisa.
Coloque a massa numa taça untada com um pouquinho de azeite, tape e deixe repousar durante uma a duas horas ou o suficiente para a massa dobrar de tamanho. 

Depois da massa levedar, coloque-a numa bancada polvilhada com farinha e divida-a em pequenas porções, eu fiz do tamanho de clementinas pois não queria uns bolos lêvedos muito grandes.
Forme bolinhas com a massa e disponha-as na bancada polvilhada com farinha. Cubra com um pano e deixe novamente repousar para, mais uma vez, dobrarem de tamanho.

Agora que a nossa massa levedou a segunda vez vamos passar à confecção dos nossos bolos lêvedos. Como não tenho forno a lenha (corrijam-me se estiver enganada, mas acho que tradicionalmente são cozidos num), aqueci uma frigideira em lume brando. 
Espalme as bolinhas de massa com a mão mesmo e tente manter o formato de círculo. Coloque na frigideira o número de bolos que conseguir e cozinhe em lume muito brando para que não ganhem cor demasiado rápido e para que possam cozer no interior. Vá virando os seus pãezinhos doces e, quando vir que estão com a cor desejada, retire-os e coloque num cesto tapados por um pano enquanto termina de cozinhar os restantes. 

Ainda quentes, barrados com manteiga, são uma perdição. Eu e o Bruno deliciamo-nos!
Bom apetite.

2 comentários:

  1. Que rico pão!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Estive nos Açores o fim de semana passado e provei. É delicioso!
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar