Back to basic #5 - Gelado de baunilha

A semana está a terminar e com ela terminam também os posts da rubrica Back to basic. Espero sinceramente que tenham gostado das receitas que vos apresentei, muitas mais haveria para partilhar com vocês mas foram estas as escolhidas. Quem sabe um dia não volto com a rubrica e partilho mais umas quantas receitas fáceis de fazer e que dão imenso jeito. 
Não podíamos ir de fim-de-semana sem um docinho e por isso, deixei para o dia de hoje uma receita de gelado de baunilha. Este nunca falta no meu congelador e, desde há dois anos para cá, que é sempre homemade. Já experimentei algumas receitas mas esta é a minha favorita. Retirei-a de um programa que vi há uns tempos da chef Mary Berry. Uma senhora inglesa que tem já mais de 80 anos, mas quem a vê não lhe dá essa idade. A simpatia e a energia que a senhora transmite nos seus programas é contagiante e eu adoro vê-la. 
Desde que experimentei este gelado de baunilha que não quero outro. É leve, cremoso e o mais importante, se não tiverem máquina de fazer gelados não é um problema. Ele é tão leve, tem tanto ar que não precisa ser batido enquanto congela. 
Espero que gostem e bom fim-de-semana a todos.


Ingredientes:
- 4 ovos
- 100gr de açúcar
- 300ml de natas
- 1 vagem de baunilha de Madagáscar - Genuinum
- sumo de meio limão


Preparação:
Separe as claras das gemas. Com o batedor, bata as claras até começarem a fazer espuma. Nessa altura adicione o açúcar, aos poucos e sempre a bater. Queremos obter um merengue bem firme e brilhante. Nessa altura adicione as gemas e envolva ao de leve. Reserve.

Numa taça coloque as natas que devem estar bem frias. Abra a vagem de baunilha a meio, raspe as sementes e adicione às natas. Com a restante vagem pode fazer açúcar aromatizado e até essência de baunilha (aqui no blog encontram algumas sugestões). Adicione o sumo de limão e bata até as natas ficarem firmes.
 
Misture os dois preparados, suavemente para obter um creme bem leve. Coloque a mistura numa caixa hermética e congele. Como já disse, trata-se de um creme com muito ar e por isso não precisa ser batido na máquina de fazer gelados (mas se quiser pode colocar que mal não faz). 

Depois de congelado é só deliciarem-se.
Bom apetite.