Amanhã é o Domingo de Páscoa e eu não podia deixar passar a oportunidade de vos trazer mais uma receita especial para esta comemoração. 
Hoje temos um pão doce, com recheio de creme pasteleiro. Que moldei em forma de rosca entrançada ou de regueifa. Eu conheço pelos dois nomes, não sei se existem mais, mas o mais utilizado na minha terra é a rosca. No vídeo, para além deste recheio, deixo-vos mais ideias do que podem fazer. E esta massa é super versátil, dá para preparar vários pães diferentes. 
Espero que gostem desta receita e das outras que vos trouxe ao longo desta semana. Foi tudo preparado com muito carinho.
Aproveito para desejar a todos vocês uma excelente Páscoa, passada com todos aqueles que amam, em paz e completa harmonia. 


Ingredientes:
- 450gr de farinha de trigo
- 1 colher de chá de sal
- 80gr de açúcar
- 7gr de fermento desidratado para pão
- 3 ovos inteiros
- 60ml de leite morno
- 40gr de manteiga sem sal derretida

Para rechear:
- metade da receita do meu creme pasteleiro express (ver AQUI como preparar o creme)

Para finalizar o pão doce:
- leite q.b.
- 1 colher de sopa de açúcar
- amêndoa laminada q.b.


Preparação:
Mais uma receita preparada em vídeo, onde vocês conseguem ver, ao pormenor, como preparar esta rosca entrançada. Conto com vocês para visualizarem este vídeo e deixarem o vosso like no mesmo. Obrigada por assistirem.




É verdade, eu não me enganei no título, para além das receitas que já vos trouxe anteriormente, hoje temos um especial muito especial mesmo. Retomo os vídeos dos jantares temáticos, que costumam aparecer uma vez por mês no meu canal de Youtube, para vos trazer um especial Mesa de Páscoa. São 3 receitas salgadas, uns ovinhos recheados, um folhadinhos de massa filo com espinafres e alheira e uns mini pães com chouriço em forma de coelho, juntamente com um docinho bem tradicional, o Pão de Ló de Ovar (ou Pão de Ló Húmido). Todas estas receitas estão bem explicadas no vídeo que aparece aqui na publicação e eu conto muito com a vossa visualização (e já agora o vosso like). Foi tudo preparado com muito carinho, espero que gostem.


Pães com chouriço e queijo Camembert em forma de coelho 

Ingredientes:
- 500gr de farinha de trigo
- 1 colher de chá de sal
- 7gr de fermento desidratado
- 2 colheres de sopa de azeite
- 350ml de água morna
- 200gr de chouriço em cubinhos
- 1 queijo Camembert

Folhadinhos de espinafres e alheira

Ingredientes:
- 4 folhas de massa filo
- 1 alheira
- 100gr de espinafres baby (podem usar dos normais)
- azeite q.b.
- sementes de sésamo a gosto

Ovinhos recheados

Ingredientes:
- 6 ovos cozidos
- 1/2 abacate
- sumo e raspa de 1/2 limão
- 1 colher de sopa de mostarda de Dijon
- sal e pimenta q.b.
- um pouco de pickles bem picadinhos
- paprika q.b.

Pão de Ló de Ovar

Ingredientes:
- 10 gemas
- 2 ovos inteiros
- 180gr de açúcar
- 1 pitadinha de sal
- 65gr de farinha de trigo

Preparação:
Aqui fica o vídeo para verem, ao pormenor, como preparar estas 4 receitas. Por favor ajudem o canal a crescer, deixando o vosso like no vídeo, subscrevendo o canal e convidando todas as pessoas que conhecem para fazer parte da nossa comunidade. Desde já obrigada!!!




No ano passado estive até ao último momento para decidir como iria fazer o nosso ninho de Páscoa. Já é tradição, não há ano nenhum que não tenhamos um bolinho alusivo à época. Lembrei-me então de fazer uma massa de pão de ló Vitória e de o rechear com curd de limão. Para a cobertura, algo que acho que liga bem com o curd, merengue italiano. Ficou delicioso e foi o nosso bolinho para comemorar a Páscoa que hoje partilho aqui com vocês. Espero que vos inspire.


Ingredientes:
Para o bolo:
- 125gr de manteiga à temperatura ambiente
- 125gr de açúcar
- 2 ovos à temperatura ambiente
- 150gr de farinha de trigo
- 1 pitada de sal
- 1 colher de chá de fermento em pó
- 1 colher de chá de extracto de baunilha

Para o curd:
- 3 limões (sumo e raspa)
- 160gr de açúcar
- 75gr de manteiga
- 3 ovos

Para o merengue italiano:
- 175gr de açúcar
- 4 colheres de sopa de água
- 2 claras de ovo


Preparação:
Na taça da batedeira coloque a manteiga e o açúcar. Bata até ficar cremoso e adicione os ovos, um a um, sempre sem parar de bater.
Quando estiver homogéneo, desligue a batedeira e acrescente o sal e o extracto de baunilha. Por fim, envolva a farinha e o fermento previamente peneirados. Envolva bem e coloque a massa numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Leve o bolo ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 35/40 minutos ou até espetar um palito no centro e este sair seco.

Retire o bolo do forno, deixe arrefecer um pouco e depois desenforme para que o bolo arrefeça completamente.

Para o curd de limão:
Numa caçarola coloque o açúcar, a manteiga, o sumo e a raspa de limão.
Leve a lume brando mexendo sempre até derreter a manteiga e o açúcar dissolver.
À parte bata os ovos. Bata-os muito bem.
Junte os ovos em fio ao preparado de manteiga e açúcar, batendo sempre.
Leva-se novamente ao lume até engrossar, sempre a mexer. Retire do lume e deixe arrefecer.

Para o merengue italiano:
Leve ao lume um tacho com o açúcar e a água. Deixe ferver até obter uma calda forte e brilhante (+/- 5 minutos).
Entretanto comece a bater as claras com a batedeira. Eu gosto de juntar umas gotas de sumo de limão. Quando as claras estiverem em castelo firme e sempre com a batedeira em funcionamento, adicione a calda, em fio e sem pressas. A calda quente vai cozer as claras e formar um merengue firme e consistente. Continue a bater até as claras arrefecerem. Coloque o merengue num saco de pasteleiro com uma boquilha em estrela.

Montagem:
Com o bolo completamente frio, corte-o em duas parte iguais. Coloque uma das partes do bolo no prato de servir e por cima ponha uma camada generosa de curd de limão. Cubra com a outra parte de bolo e decore com o merengue. Eu coloquei o merengue num saco pasteleiro com boquilha em forma de estrela e fui decorando.
Pode servir assim ou dar-lhe um pouco de cor com um maçarico de cozinha.


Bom apetite!


Na minha zona, tanto nas festas e romarias como na Páscoa, encontra-se à venda uns doces muito típicos. Para além do Doce Branco (e amarelo) temos à disposição uma série de "casadinhos". Trata-se de uma massa tipo pão de ló, cortada em círculos, que se unem dois a dois com marmelada e no final termina-se com várias coberturas diferentes (chocolate negro, chocolate branco, amendoim, coco ralado, etc).
Quase todos os anos preparo este docinho até porque, em minha casa toda a gente gosta. Este fim de semana testei novamente a receita e aproveitei para a fotografar e partilhar com vocês, mas sábado haverá nova dose.


Ingredientes:
- 180gr de açúcar
- 150gr de farinha de trigo
- 5 ovos

Para o recheio e cobertura:
- marmelada 
- coco ralado
- chocolate negro


Preparação:
Na taça da batedeira coloque o açúcar e os ovos e bata bem. Eu deixo bater uns 10 minutos para a mistura ficar bem arejada. Entretanto, peneire a farinha e envolva no preparado anterior.
Coloque a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC. Pela minha experiência a massa coze bem rápido, é baixinha e por isso leva entre 10 a 15 minutos a ficar cozida. Esteja atenta.
Retire do forno e deixe arrefecer completamente.

Depois da massa fria e com a ajuda de um cortador redondo, corte todos os círculos de massa de forma a ficarem do mesmo tamanho.
Una, um a um, com um pouco de marmelada e reserve.

Derreta em banho maria, chocolate com 50% de cacau. Passe os casadinhos pelo chocolate, com a ajuda de dois garfos e coloque-os a secar em papel vegetal. Enquanto o chocolate não solidificar, pode polvilha-los com um pouco de amêndoa palitada ou coco ralado. 
Espero que gostem.
Bom apetite.
Estamos a pouco mais de uma semana para a Páscoa e aqui vamos começar o nosso especial.
A receita de hoje vem acompanhada por um vídeo onde vos mostro todos os pormenores e o que vamos fazer, perguntam vocês? E eu respondo, umas incríveis e deliciosas amêndoas caramelizada caseiras. São de tal forma viciantes que eu tenho de mantê-las bem longe de mim. 
E se pensam que podem ficar demasiado duras, enganam-se. A capinha de caramelo é fininha, fazendo com que as amêndoas fiquem bem crocantes e docinhas na medida certa. São uma perdição e aposto que colocarem uma tacinha delas na vossa mesa de Páscoa será uma aposta vencedora. 
Convido-vos a todos a verem o vídeo para perceberem como são tão fáceis de fazer.
Bom fim de semana.


Ingredientes:
- 150gr de amêndoas (usei com pele)
- 1 medida de açúcar (tinha 100gr)
- 1 medida de água
- 1 pequena noz de manteiga sem sal

Preparação:




Todas as semanas procuro fazer duas refeições vegetarianas. Faço-as em dias alternados (mas podem optar por um dia sem carne nem peixe) e, normalmente, uma delas é sempre à sexta feira. Gosto de abrir o frigorífico e ver o que me sobra de vegetais de forma a preparar o almoço ou jantar e ainda limpar o frigorífico. Desta forma tenho sempre a certeza que nada se estraga e no sábado já é dia de comprar tudo fresquinho novamente. 
Assim, na sexta feira passada, saiu um brás de vegetais, com batata doce e brócolos, que ficou uma delícia. Convido-vos a experimentar!


Ingredientes:
- 2 batatas doces médias (usei de polpa branca, mas podem usar a que preferirem)
- 1 cebola
- 1 alho francês
- brócolos a gosto
- 1 cenoura
- 1 folha de louro
- 4 ovos
- 2 dentes de alho
- sal e pimenta q.b.
- azeite q.b.
- salsa picada q.b.
- azeitonas às rodelas a gosto


Preparação:
Descasque as batatas doce e corte-as em palitos finos. Existem mandolinas que cortam as batatas assim, mas eu uso o meu processador com o disco de cortar juliana maior (tem dois tamanhos).
Costumo apertar a batata para tirar o máximo de água e depois disso coloque numa taça. Regue com um fio de azeite e tempere com um pouco de sal.

Disponha depois as batatas num tabuleiro forrado com papel vegetal, numa camada só e leve ao forno previamente aquecido a 200ºC, até as batatas estarem cozinhadas e a começarem a dourar. Normalmente a meio da cozedura convém abrir o forno e mexer bem.

Entretanto descasque a cebolas, a cenoura e os dentes de alho. Rale a cenoura, ou pode cortar em juliana como a batata doce, corte a cebola às rodelas finas,arranje o alho francês e corte-o também fininho, pique os alhos, lave os brócolos e separe em floretes. Leve ao lume um tacho juntamente com um pouco de azeite, a cebola e a folha de louro, deixando refogar até começar a ficar macia. Nessa altura acrescente o alho francês, os dentes de alho picadinhos, a cenoura e os brócolos. Tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar bem.
Assim que os legumes estiverem macios e as batatas prontas, envolva-as no tacho.

À parte bata depois os ovos e tempere com uma pitada de pimenta. Verta-os sobre a mistura anterior. Vá envolvendo cuidadosamente e em lume brando para os ovos não ficarem demasiado secos.
Sirva o brás, polvilhado com salsa picada e azeitonas às rodelas.
Bom apetite.
Cá em casa nunca falta granola, seja para adicionar ao iogurte, a frutas frescas (eu adoro fruta cortada em pedaços pequeninos e salpicada com a granola crocante), para um trifle de pequeno almoço ou até para dar o crocante às papas de aveia. Adoramos e acabo por fazer, pelo menos, uma vez a cada duas semanas. Por isso gosto de variar no frutos secos, nas sementes ou outras coisas que vá adicionando para fazer granolas sempre diferentes. Desta vez, à base de aveia acrescentei amêndoa palita e uma boa mistura de sementes. Ficou crocante e bem saborosa, tal como se quer. E por aqui fica mais uma receita de granola para juntar ao vasto leque.


Ingredientes:
- 200gr flocos de aveia
- 40gr lascas de coco 
- 50gr de sementes de abóbora
- 50gr de sementes de linhaça dourada
- 50gr de sementes de linhaça castanha
- 50gr de sementes de girassol
- 75gr de amêndoa palitada
- 4 colheres de sopa de açúcar mascavado
- 4 colheres de sopa de óleo de coco
- 4 colheres de sopa de água

Preparação:
Pré-aqueça o forno 175ºC e forre um tabuleiro com papel vegetal. 
Numa taça junte a aveia, o açúcar mascavado, as lascas de coco, a amêndoa e as sementes. Adicione o óleo (se estiver sólido terá de o aquecer um pouco) e a água, mexa com uma colher de pau. Despeje a granola no tabuleiro e leve ao forno, mexendo a cada 10 minutos e sempre de olho para ficar dourada mas não queimar. 
Assim que ficar douradinha, retire do forno e deixe arrefecer.
Depois de completamente fria, armazene a granola num frasco hermético.
Depois é só usar da forma que preferir.
Sempre de cozo leguminosas aproveito para o fazer em quantidade e congelar. Na semana passada, enquanto decidia a ementa da semana, para depois começar a meal prep, lembrei-me de fazer umas migas, pois tinha feijão congelado.
Normalmente, a maioria das receitas que vejo, faz as migas de feijão frade com couve para caldo verde, eu costumo fazer com couve coração em juliana fininha. E porquê? Porque couve coração é algo que compro todas as semanas e assim não há desperdícios. 
Este foi o jantar de um dos dias da semana passada e que delícia!


Ingredientes:
- 400gr de barriga de porco cortada em cubos
- 1 colher de sopa de pimentão doce
- 4 dentes de alho
- sal q.b.
- 1 malagueta piri piri seca
- 100ml de vinho branco
- 1 folha de louro
- 1 colher de sopa de azeite
- salsa picada a gosto

- 50gr de bacon cortado em cubinhos
- 2 dentes de alho
- 200gr de couve coração cortada em juliana fina
- 1 broa de milho (a minha tinha cerca de 500gr mas não usei toda)
- azeite q.b.
- sal e pimenta q.b.
- 100gr de feijão frade cozido e escorrido


Preparação:
Numa taça coloque os cubinhos de carne e tempere-os com o sal, o piri piri seco, o pimentão doce, o louro e o vinho branco. Pique os dentes de alho e adicione-os à carne. Misture bem e deixe marinar, pelo menos 30 minutos, mas de preferência de um dia para o outro, quanto mais tempo a carne marinar, melhor.

Leve ao lume um tacho com o azeite e deixe aquecer. Escorra a carne da marinada e acrescente-a ao azeite quente. Deixe fritar.
Quando os cubos de carne começarem a ganhar alguma cor adicione a marinada. 
Reduza o lume e deixe cozinhar até a carne ficar macia e o molho apurado.

Entretanto prepare as migas. Retire o miolo da broa e esfarele-o com as mãos. 
Leve uma frigideira ao lume com um bom fio de azeite e acrescente os cubinhos de bacon e o alho bem picadinho.
Quando o bacon começar a ganhar cor, adicione o miolo da broa bem esfarelado e envolva. 
Deixe cozinhar de forma à broa ganhar um pouco de cor e depois acrescente a couve e o feijão frade. Tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar até a couve estar, ainda crocante, mas já um pouco cozida (pelo menos é assim que gostamos dela, se preferir mais cozinhada pode escaldar antes de acrescentar à frigideira).

Sirva os cubinhos de porco acompanhados pelas migas e tudo polvilhado com salsa picada.
Bom apetite.
Hoje de manhã tomei conhecimento da mais recente polémica, a capa da revista Cristina com a modelo, plus size, Catarina Corujo, na qual a própria mostra os mamilos. O tema da entrevista é a liberdade e muita gente demonstrou-se 'revoltada' com esta forma de liberdade. 
Eu sou pessoa que defende a liberdade de expressão, a liberdade de cada um viver a vida como quer, de ser o que quer. E, de facto, no que à moda interessa, não há liberdade nenhuma. Se uma pessoa não veste os tamanhos que os padrões da moda indicam então, quase que deve andar toda tapada. Não, meus caros, não. Cada um tem de ser livre de mostrar o seu corpo, de ter orgulho no seu corpo, de viver e ser feliz. Feliz!
Não quero com isto dizer que acho a capa boa ou má, correcta ou não, acredito que tenha ferido as susceptibilidades de muita gente. Não somos todos iguais (felizmente) e por isso a mim não me chocou. Mas chocou os relatos que ouvi, de pessoas que se dirigiram a quiosque para comprar a revista e que receberam como resposta um "este mês não vendemos essa revista". A minha pergunta é, mas vendem a Playboy, ou outra qualquer revista masculina, cujas mulheres possuem corpos dentro dos padrões aceitáveis pela sociedade, ou seja magras, não vendem? Recusam-se vender uma revista, cuja capa é uma modelo de tamanhos grandes a mostrar os mamilos, mas não há problema em vender pornografia, certo? E não, eu não sou contra a pornografia, não sou nenhuma puritana. Mas abomino esta pobreza de espírito, enoja-me este tipo de comportamentos. Julguei que fossemos pessoas mais evoluídas mas, pelo que vejo, enganei-me redondamente. 

Muito mais tinha para dizer sobre o tema, talvez fique para outro dia. Vamos à receita de hoje.
Boa semana a todos.


Ingredientes:
- 1kg de batatas cozidas
- 800gr de bacalhau
- pimenta q.b.
- 2 a 3 ovos
- 1 cebola picada
- 1 ramo de salsa picada

Preparação:
A preparação dos bolinhos de bacalhau está toda explicada no vídeo aqui em baixo. Espero que vos seja útil e que gostem.




Mais uma semana que chegou ao fim e com ela temos um novo fim de semana (aleluia irmãos). Bem, e que semana esta, conseguimos passar de dias quase de verão para o inverno mais rigoroso, com direito a chuva, frio, trovoada e sei lá mais o quê. Pacote completo! Que depressão, é a única coisa que vos digo...
Bem, mas nada como um bolinho para nos ajudar a tratar deste estado de espírito. E para destoar deste tempo horroroso, trago-vos um bolo cheio de cor, de limão e framboesas.
Bom fim de semana a todos.


Ingredientes:
- 1 chávena e 1/2 de açúcar 
- 2 chávenas de farinha de trigo
- 1 colher de chá de fermento
- raspa de 1 limão
- 1 iogurte
- 3 ovos
- 3/4 de chávena de óleo
- algumas framboesas

Para a cobertura:
- 200gr de açúcar em pó
- sumo de 1 limão pequeno


Preparação:
Começamos então por colocar o iogurte, a raspa de limão, o açúcar, os ovos e o óleo. Batemos à mão, com uma vara de arames para envolver bem.
Peneiramos a farinha e o fermento e envolvemos no preparado anterior.

Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha. Coloque metade da massa, depois disponha as framboesas e cubra com a restante massa. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até fazer o teste do palito e o mesmo sair limpo, cá em casa demorou entre 35 a 40 minutos a ficar cozido, mas depende da forma que usar e se o bolo fica mais alto ou mais baixo.
Retire-o do forno e desenforme. Deixe arrefecer completamente antes de colocar a cobertura.

Prepare a cobertura. Numa tigela coloque o açúcar em pó e adicione o sumo de limão. Mexa bem até estar homogéneo e fluido, se precisar acrescente mais umas gotas de limão.
Espalhe o glacé por cima do bolo e decore com rodelas de limão.
Bom apetite.