Quando chega Dezembro gosto que aqui o blogue (e o canal de Youtube) se vista a rigor para a quadra. Ao longo das semanas tento sempre partilhar com vocês receitas de doces, de salgados e presentes de comer para, desta forma, contribuir para o vosso Natal. E foi assim que no fim de semana passado, dei por mim a pensar na sobremesa do almoço de domingo, como uma forma de testar mais uma receita alternativa para a vossa ceia. Sim porque, para além dos doces tradicionais, gosto sempre de preparar sobremesas diferentes, espero que vocês também sejam assim. 
Esta tarte de chocolate fica super deliciosa, a base crocante e o recheio bem sedoso a lembrar um fondant. Claro que não precisam esperar para a testar até porque, Natal é sempre que uma pessoa queira por isso, podem e devem experimentar já neste fim de semana. 


Ingredientes:
Para a massa:
- 200gr de farinha de trigo
- 100gr de manteiga sem sal
- 50gr de açúcar em pó
- 1 ovo
- 1 pitada de sal
- 2 colheres de sopa de água fria

Para o recheio:
- 150gr de chocolate com 70% de cacau
- 100gr de manteiga sem sal
- 150gr de açúcar mascavado 
- 75gr de farinha de trigo
- 6 ovos
- raspa de uma laranja

Preparação:
Comece por fazer a massa. 
Numa taça coloque a farinha, o açúcar e o sal. Acrescente a manteiga fria em cubos e, com os dedos, comece a misturar a manteiga nos secos até ficar com uma espécie de migalhas ou de crumble. Nessa altura junte o ovo e amasse até começar a ganhar liga. Junte a água, uma colher de cada vez, sempre a amassar. Pode precisar de mais água ou de menos, por isso deve acrescentar aos poucos. Assim que obter uma massa bem lisa e homogénea, está pronto. Embrulhe em película e coloque no frio a descansar por, pelo menos, 30 minutos.

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Passado o tempo de repouso, estenda a massa com o formato da forma. Unte a tarteira com manteiga e forre-a com a massa.
Por cima coloque uma folha de papel vegetal e alguma coisa para fazer peso, eu costumo usar arroz seco, podem usar leguminosas.
Leve a massa ao forno para pré-cozinhar, durante 12 minutos.

Entretanto prepare o recheio.
Leve ao lume um tacho com a manteiga e o chocolate. Assim que derreter e ficar homogéneo, retire do lume e acrescente o açúcar, a farinha e a raspa da laranja. Mexa bem.
Junte os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição. Apenas acrescente o seguinte, quando o anterior estiver bem envolvido.

Verta o preparado sobre a base da tarte pré-cozinhada e leve novamente ao forno a 180ºC. O tempo de cozedura pode variar entre os 10-15 minutos, mas o ponto certo é quando a sacudir o centro ainda abanar, como se fosse uma gelatina.
Retire do forno e deixe arrefecer. Antes de servir decore com motivos natalícios e polvilhe com açúcar em pó.
Bom apetite Ho Ho Ho.
Hoje não vos trago uma receita, mas antes, uma partilha que me pediram muito para fazer. Alguns seguidores do Youtube (se ainda não me seguem por lá, é só clicarem AQUI e subscrever o canal, é grátis e temos 3 vídeos novos por semana!) pediram-me sugestões de prendas, mas queriam prendas de compra. Então pensei bem no assunto e criei 4 sugestões diferentes. Apesar de tentar que este blogue seja dedicado, quase em exclusivo, à partilha de receitas, acho que este vídeo merecia um post por aqui. E assim, a 19 dias do Natal, trago-vos estas sugestões de prendas económicas e únicas, para que possam se inspirar e criar as vossas. 
Espero que seja útil.
P.S.: Amanhã já teremos receita nova.



Este ano estou um pouco atrasada com a preparação do Natal e com as receitas alusivas. Preparem-se, as próximas semanas serão uma verdadeira terapia de choque com o tema Natal. A partir de amanhã já vou começar as receitas que quero gravar e a testar mais alguns presentes de comer para vos trazer. Entretanto e porque andava com vontade de comer bolachas de gengibre e canela, aqui fica esta receita, perfeita para colocarem nos cabazes e super fácil de preparar.


Ingredientes:
- 350gr de farinha
- 2 ovos tamanho M
- 150gr de açúcar mascavado
- 1 colher de chá de canela
- 1 colher de chá de gengibre moído
- 100gr de manteiga à temperatura ambiente
- 1 colher de chá de fermento

Preparação:
Numa taça coloque a farinha com o fermento. Abra uma cova e coloque a manteiga em cubos à temperatura ambiente, o açúcar, a canela o gengibre e os ovos.
Amasse tudo até a massa formar uma bola e descolar da tigela.
Coloque a massa no frigorífico e deixe repousar 1h.

Passado esse tempo, polvilhe a bancada com farinha e estique a massa com +/- 5mm de altura. Corte com os cortadores e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Leve ao forno a 200ºC até ficarem douradinhas. Demora cerca de 8 minutos.

Deixe arrefecer, coloque-as em saquinhos de celofane ou em frascos e latas e decore a gosto. São uma prenda deliciosa.
Já vos falei aqui da tradição americana de comer tacos à terça feira, a Taco Tuesday e, aqui pelo blogue, vocês encontram várias sugestões de tacos diferentes. Eu confesso-vos que é um prato que gosto bastante. Pode-se variar imenso, quer na proteína escolhida, quer nos acompanhamentos e é uma bela forma de partilhar uma refeição diferente. Eu gosto de colocar tudo na mesa e cada um monta o seu taco a gosto. 
Desta vez voltamos aos tacos de frango mas preparado de uma forma diferente. Usei coxa de frango sem osso que temperei de véspera e levei ao forno em camadas com cebola e pimento. Depois de cozinhado fatiei tudo e o frango ficou super saboroso com a cebola e o pimento. Foi só preparar alguns legumes de salada, aquecer as tortilhas e levar à mesa. Adoramos.


Ingredientes (para 4 pessoas):
- 6 coxas de frango sem osso e pele
- sal e pimenta q.b.
- 1 cebola grande
- 1 mini pimento vermelho e 1 mini pimento amarelo
- sumo de 1 limão
- 1 dente de alho
- alface a gosto
- couve roxa a gosto
- vinagre q.b.
- maionese para acompanhar (opcional, podem fazer um molho de iogurte ou até nem usar nada)
- tortilhas de trigo (usei integrais que compro no Aldi)


Preparação:
Pode pedir no talho para tirar o osso das coxas e a pele, mas é muito simples de fazer em casa.
Com a coxas prontas, tempere-as. Coloquei-as numa taça e temperei com sal, pimenta, o dente de alho bem picado e o sumo de limão. Deixei a marinar de um dia para o outro, se tiver pressa, deixe uns 30 minutos.
Descasque a cebola e corte em meias luas finas. Faça o mesmo aos pimentos, lave-os bem, retire as sementes e corte em fatias finas (imagem 1).


Numa assadeira coloque 3 coxas de frango bem juntas (imagem 2). Por cima faça uma camada com as fatias de pimento (imagem 3), por cima uma camada com a cebola (imagem 4) e termine com as outras 3 coxas de frango (imagem 5).
Tape bem com folha de alumínio, de forma a apertar bem tudo para que se mantenha junto (imagem 6).
Leve a assadeira ao forno, pré-aquecido a 200ºC e deixe cozinhar 25 minutos. Passado esse tempo, retire a folha de alumínio e deixe mais 5 minutos para ganhar um pouco de cor.

Entretanto prepare os legumes para o acompanhamento. Eu optei por alface que lavei, cortei em tiras e temperei com um pouco de sal e vinagre, e couve roxa que cortei em juliana fina e temperei da mesma forma. Coloque cada um dos legumes numa taça.

Aqueça as tortilhas como indica a embalagem e coloque a maionese numa tacinha (pode preparar uma maionese caseira com alho, maionese de abacate ou, se preferir, use de compra mas de qualidade!).

Quando o frango estiver cozinhado, retire-o da assadeira com cuidado e deixe repousar 5 minutos. Depois trinche-o com uma faca, de forma a cortar tudo, carne, cebola e pimentos. Coloque num prato de servir.

Leve tudo à mesa, o frango com a cebola e pimento, os legumes de salada, o molho escolhido e as tortilhas, de forma a que cada pessoa prepare o seu taco.
Bom apetite.

Nada me sabe tão bem quanto um assado delicioso, seja de frango, porco ou vaca. Adoro ligar o forno, preparar uma assadeira, colocar lá dentro e esperar que o jantar fique pronto. 
Para além de poupar imenso trabalho (e loiça suja para lavar), cozinhar desta forma no forno poupa-nos imenso tempo. Enquanto o jantar está lá dentro, eu estou a fazer alguma outra coisa que tem de ser feito. E no final temos uma refeição deliciosa, à qual basta juntar uma salada e está pronto a servir. 
Há mais fãs de assados por aqui, ou estou sozinha? 


Ingredientes:
- 1 lombinho de porco
- 3 batatas médias
- 1 mão cheia de brócolos (usem a quantidade que preferirem)
- azeite q.b.
- sal q.b.
- 1 colher de chá de tomilho seco
- malagueta seca a gosto (opcional, podem temperar com pimenta)
- 1 colher de chá de pimentão doce
- 1 folha de louro

Preparação:
Comece por ligar o forno nos 200ºC.
Numa assadeira ou tabuleiro de forno, coloque o lombinho de porco e, à volta, as batatas descascadas e cortadas em cubos grandes.
Tempere tudo com um pouco de sal, polvilhe com o tomilho seco, a malagueta e o pimentão doce.
Regue com um pouco de azeite e misture bem, envolvendo a carne nos temperos e mexendo as batatas, de forma a tudo ficar bem temperado.
Junte a folha de louro, que pode cortar em duas, e leve ao forno durante 30 minutos. 
Passado esse tempo retire a assadeira do forno, vire a carne e acrescente os brócolos, bem lavados e cortados em floretes pequenos. Envolva-os nas batatas e volte a colocar no forno por mais 15 minutos. 
Nota: Nós gostamos dos brócolos ainda crocantes, se preferirem podem cozê-los numa panela com água e depois só acrescentam ao assado quase na hora de servir.
Sirva com uma salada e bom apetite.
No ano passado preparei-vos uma surpresa que me deu imenso gozo e à qual dediquei muito do meu tempo. Falo-vos do ebook com receitas de Natal Ho Ho Delicious. Este ano tinha pensado dedicar-me a elaborar a segunda edição, ou até, um ebook com receitas e sugestões de prendas comestíveis. Infelizmente não me foi possível mas espero voltar a essa ideia no próximo ano. Aliás, eu tenho imensas ideias para ebooks, como por exemplo, um exemplar com receitas para o dia a dia feitas com 5 ingredientes, um ebook só sobre compotas, enfim, ideias não me faltam, tenho de as por em prática.
Como estava a dizer, infelizmente não consegui preparar a segunda edição do ebook mas trago-vos a primeira novamente. Porque continua actual, com receitas maravilhosas e podem utilizar para começar a organizar a vossa lista para a ceia de Natal.


Para fazerem o download ou apenas acessar a este ebook cliquem AQUI.
Vocês podem apenas acessar, podem fazer o download em pdf ou até imprimir. É gratuito, de mim para vocês com muito carinho e em forma de agradecimento por estarem desse lado ao longo destes anos e eu espero mesmo, brevemente, conseguir alargar a colecção de ebooks aqui do blogue.

Qualquer questão, dúvida ou se tiverem dificuldades em fazer o download do ebook, não hesitem em contactar, quer nos comentários, quer pelo email de sempre (oprazerdacozinha@gmail.com). 
Por aqui a cozinha está em stand by por motivos de força maior, nada de grave, não fiquem preocupados. Logo, logo, tudo voltará ao normal. 
Mas como sabia, antecipadamente, que isto ia acontecer, já comecei a preparar algumas compotas para os cabazes de natal. Uma que não tem faltado nos últimos anos é esta de ananás e manga. Pode não ser uma combinação típica para esta altura do ano, mas é bem agradável e fica deliciosa com panquecas e torradas. 
A quem pergunta se as compotas não se estragam. Eu nunca tive problemas, ainda no outro dia abri uma de maçã que estava esquecida e tinha 1 ano. Estava óptima! Costumo utilizar as dicas da Joana Roque para pasteurização caseira e, como não tenho ainda nenhum post onde explico ao pormenor o método, deixo-vos aqui o dela para verem (cliquem AQUI). 
Agora que têm a chave para o sucesso das compotas, deixo-vos a sugestão desta receita. Fica uma delícia!


Ingredientes para 3 frascos de 130ml cada:
- 500gr de ananás já sem a casca e o interior mais duro
- 200gr de manga igualmente preparada
- 300gr de açúcar
- casca e sumo de 1 lima

Preparação:
Num tacho coloque a polpa do ananás partida em pedaços bem como a da manga. O peso que vos indico é para a fruta descascada. Junte o açúcar, a casca da lima bem como o sumo. Leve ao lume brando até o açúcar derreter e levantar fervura, nessa altura pode colocar o lume um pouco mais forte.
Deixe a compota ferver até o líquido reduzir bastante, mas tenha cuidado para que não queime no fundo. 
Quando a fruta estiver bem cozida e o liquido tiver reduzido, retire do lume e passe com a varinha mágica.
Resumidamente, o que eu faço é: Depois é só colocar em frascos bem lavados e esterilizados. Coloco os frascos no microondas durante um minuto na potência máxima e as tampas coloco em água a ferver. Coloquem a compota nos frascos e fechem logo. Por fim ponham todos os frascos numa panela e encham de água até meio dos frascos. Levem ao lume e deixem ferver 10 minutos, desliguem e deixem ficar os frascos dentro da panela até arrefecer. Eu costumo fazer este processo à noite e deixo ficar de um dia para o outro. Se seguirem estes passos conseguem que a compota aguente muito tempo sem se estragar, mas vejam o post da Joana, ela explica ao pormenor.
No fim basta uma etiqueta bonita, uma fita para decorar o frasco e já está.
Nasi Goreng é uma receita típica da Indonésia. É uma espécie de arroz frito, que fica delicio, é muito versátil e perfeito para aproveitar as sobras de arroz. 
Num destes dias havia arroz no frigorífico e eu resolvi experimentar este pitéu. Eu juntei um pouco de bacon e pedacinhos de peito de frango mas, como vos digo, é muito versátil, podem juntar sobras de carne que tenham no frigorífico, peito de peru, camarão, ou fazer uma versão vegetariana. Uma diferença é que, normalmente, o nasi goreng é feito com os ovos cozinhados tipo crepe, depois cortam-se em tiras e envolve-se no arroz, mas eu optei por os cozinhar junto com os restantes ingredientes e ficou uma delícia. Experimentem!


Ingredientes:
- 200gr de arroz basmati cozinhado e frio 
- 2 ovos
- 200gr de peito de frango em tiras fininhas
- 50gr de bacon cortado em cubinhos 
- sal e pimenta q.b.
- azeite q.b.
- 1 malagueta vermelha
- 1 cebola
- 2 dentes de alho
- 1 colher de sopa de molho de soja
- sumo de meio limão



Preparação:
Pique a cebola, os dentes de alho e a malagueta (se preferir, retire as sementes).
Aqueça um wok, ou uma frigideira alta, com um pouco de azeite e acrescente os ingredientes picados bem como o bacon cortado em cubinhos. Deixe saltear durante 2 minutos.
acrescente o molho de soja e o peito de frango em tirinhas finas. Envolva e deixe cozinhar até o frango estar cozinhado.
Adicione o arroz, envolva bem e deixe saltear durante mais 2 ou 3 minutos.
Entretanto com a colher abra dois espaços e, para dentro de cada um deles, parta os ovos. Deixe cozinhar um pouco e, com a colher, mexa para os ovos partirem e envolverem os restantes ingredientes (como se faz nos ovos rotos). 
Depois de tudo bem envolvido, rectifique os temperos e sirva. Eu coloquei o meu nasi goreng dentro de uma taça para dar o formato e depois desenformei para o prato de servir.
Polvilhe com coentros picados e bom apetite.
Enquanto não começamos com as receitas para o Natal, trago-vos um delicioso banana bread, bem tradicional nos EUA. 
É uma receita perfeita para usarem aquelas bananas demasiado maduras que têm na fruteira. E, com poucos ingredientes e em pouco tempo, podem preparar um bolo bem fofinho e saboroso.
Ontem o vídeo lá saiu no canal mas foi-me completamente impossível passar por aqui para publicar a receita. 
Ficou uma delícia e nós adoramos. Espero que gostem e experimentem.


Ingredientes:
- 80gr de açúcar mascavado
- 2 ovos inteiros
- 50gr de manteiga derretida
- 1 colher de chá de canela em pó
- 4 bananas maduras esmagadas
- 300gr de farinha de trigo
- 1 colher de sopa de fermento em pó
- 100gr de chocolate (ou pepitas de chocolate)

Preparação:
Encontram a preparação deste banana bread no vídeo aqui em baixo. Se tiverem dúvidas, por favor, não hesitem em escrever para o email ou deixar as vossas questões na caixa de comentários.



Ontem foi mesmo um dia difícil. Até às 14h numa sala de espera a ver toda a gente ser atendido na minha frente, um stress que crescia a cada minuto que passava. O tempo estava horrível e eu com uma dor de cabeça absurda. Não via a hora de chegar ao fim do dia e estar em casa. Casa, tanto conforto numa palavra tão pequena...
Juro-vos, sentia-me mesmo um trapo, sei que é por um bem maior, mas esta fase está a ser super cansativa. Mas, bola para a frente.
Como disse no meu Instagram, já não me sentia com qualquer forças para chegar a casa e ainda colocar receita no blogue. Foi apenas fazer o jantar e descansar. Assim, compenso-vos hoje com a receita do bolo que preparei no fim de semana passado e já com ar de Natal.
Espero que gostem e bom fim de semana a todos.



Ingredientes:
- 5ovos
- 180gr de açúcar
- 120gr de farinha de trigo
- 1 colher de chá de fermento em pó 
- 200gr chocolate com 70% de cacau
- 150gr de manteiga sem sal
- 1 cálice de vinho do Porto
- açúcar em pó para decorar

Preparação:
Derreta o chocolate com a manteiga no microondas, pode também fazer em banho-maria. Reserve.
Separe os ovos, numa taça coloque as gemas e noutra as claras. Bata as gemas com o açúcar até formar um creme. Misture o chocolate derretido e o vinho do Porto. Envolva bem.
Entretanto bata as claras em castelo. Eu costumo colocar umas pedrinhas de sal para ajudar as claras a ficarem bem presas.
Peneire a farinha e o fermento.

Nesta fase, temos de juntar à mistura de gemas, as claras em castelo e a farinha com o fermento. Comece com um pouco de claras, depois uma parte de farinha e assim sucessivamente até terminar. Misture bem, envolvendo com muito cuidado.

Coloque numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante uns 40 minutos ou até que, ao espetar um palito no centro, este saia limpo.
Depois de cozido, retire da forma para uma rede e deixe arrefecer.

Decore a gosto. Eu usei já algumas decorações de Natal e um pouco de açúcar em pó.
Bom apetite e bom fim de semana.