Throwback Thursday #5 - Pudim Abade de Priscos


Vamos ao primeiro #TBT versão Natal? Então, hoje relembro esta receita que partilhei com vocês há uns anos e que me diz muito, pois faz parte da minha herança, das minhas raízes. Eu sou natural de uma freguesia de Barcelos a poucos quilómetros de Priscos e, como tal, o pudim Abade de Priscos faz parte das minhas tradições. 
Eu sei que muita gente considera um pudim demasiado doce mas, é Natal! Acreditem que é uma delícia e que ficará super bem na vossa mesa de ceia. Espero que este seja o ano em que vão experimentar esta receita.


Ingredientes:
- 400ml de água 
- 400gr de açúcar 
- 50gr de toucinho 
- casca de limão 
- 1 pau de canela 
- 1 cálice de vinho do porto 
- 15 gemas
- caramelo q.b.


- groselhas a gosto

Preparação:
Num tacho coloque o açúcar, a água, o pau de canela, a casca de limão e o toucinho cortado em pedaços.
Leve ao lume e deixe ferver até obter o ponto de pérola. Para saber o ponto, mergulhe na calda uma colher e levante-a, deve cair um fio resistente e na extremidade formar uma pérola. Para quem tiver um termómetro a temperatura deste ponto é 108ºC. Ao fazer a olho, deixe ferver durante uns 5 ou 6 minutos e faça o teste da colher. Esse tempo deverá ser suficiente.

Retire a calda do lume e deixe arrefecer um pouco.
Regue com o vinho do Porto e adicione a calda às gemas, em fio e sempre a bater com uma vara de arames. Coe o preparado com um passador de rede fina e coloque numa forma que já deve estar untada com caramelo. 
Leve ao forno a 180ºC, em banho-maria, durante cerca de uma hora. Retire, deixe arrefecer bem e desenforme.
Decore com groselhas ou outra fruta ao seu gosto.
Bom apetite.

0 comentários:

Enviar um comentário