Pavlova com pêssegos e kiwis


Como começar a semana da melhor forma possível? Ora, com um docinho, pois claro! E se for assim um doce a 'puxar' a primavera, ainda melhor!
A sério, eu preciso de uns raios de sol. Eu preciso sair, fazer um picnic (tenho tantas ideias para receitas de picnic), passear, conhecer sítios, voltar a outros... enfim, eu preciso que a primavera dê um ar da sua graça.
E para chamarmos a primavera, uma pavlova deliciosa e bem colorida.

P.S.: Hoje, no Cláudia's Experiences, um post para vos ajudar a transformar o vosso smartphone numa máquina de poupança. Para verem, cliquem AQUI.



Ingredientes:
- 6 claras de ovo
- 300gr de açúcar (uso 50gr por cada clara)
- 1 colher de chá de vinagre de vinho branco
- 1 colher de sopa de amido de milho
- 200ml de natas
- 2 colheres de sopa de açúcar
- algumas gotas de sumo de limão
- pêssego e kiwi q.b. (ou outra fruta a gosto)
- açúcar em pó q.b.


Preparação:
A pavlova não é muito complicada de fazer, mas requer tempo porque tem de secar no forno a uma temperatura baixa e tem de ficar lá dentro até arrefecer completamente.
Comece por ligar o forno nos 150ºC para aquecer.

Separe as gemas das claras, tenha muito cuidado porque se nas claras tiver algum bocadinho de gema isso irá prejudicar o merengue. A gordura das gemas não permite que as claras ganhem o ar necessário.
Coloque as claras na taça da batedeira e comece a bater até formar alguma espuma, nessa altura adicione 1/3 do açúcar, bata um pouco e adicione mais 1/3 do açúcar e depois de bater mais um pouco acrescente o restante açúcar. 
Deve bater as claras até formar um merengue liso e brilhante. Outra coisa muito importante é o açúcar ter dissolvido completamente, para isso faça o seguinte teste, coloque um pouco de merengue entre os dedos e esfregue, senão sentir o açúcar, o merengue está no ponto. 
Retire da batedeira e adicione o vinagre e o amido de milho peneirado. Envolva bem.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e coloque a pavlova dando-lhe uma forma arredondada e mais alta nos lados do que no meio para depois colocarmos a cobertura.

Leve ao forno e baixe a temperatura para os 120ºC durante 1 hora. Passado esse tempo, desliguem e deixem a pavlova arrefecer completamente dentro do forno.

Para a decoração.
Bata as natas com o sumo de limão e as 2 colheres de sopa de açúcar, até ao ponto de chantilly. Coloque por cima da pavlova e decore com a fruta que preferir (eu usei pêssegos, kiwi e folhinhas de hortelã). Termine com um pouco de açúcar em pó e sirva.
Bom apetite.


8 comentários:

  1. Ficou linda! Bem branquinha! Eu gosto do frio e até gosto do inverno, mas na verdade já chega! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Eu sei que este tempo faz tanta falta, mas como tu também preciso de sol de ouvir os passarinhos a cantar...mas até me custa dizer isto pela falta que a chuva nos faz! Está deslumbrante a tua pavlova, tão branquinha, linda!
    Beijinhos Ana

    ResponderEliminar
  3. Adoro pavlova e a tua está simplesmente perfeita! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Gosto tanto, tanto de pavlova! Está lindo!
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  5. É das minhas sobremesas preferidas! Que venha de lá a primavera!
    Beijinho
    Joana

    ResponderEliminar
  6. Que loucura. Já comia e logo hoje que sinto fome de lambarices.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/03/biscoitos-de-manteiga-com-sementes.html

    ResponderEliminar