Jardineira da minha mãe

Hoje trago-vos uma receita, que tem tanto de simples como de tradicional e ao mesmo tempo emotiva. Daqueles pratos que, seja onde for, sabe-me sempre a comida da minha mãe e que ninguém faz tão bem quanto ela. Já aqui vos disse que aprendi (e continuo a aprender) a cozinhar com a minha mãe. Cozinheira de mão cheia que tem um verdadeiro amor pelos tachos, pela comida e pela família e sabe tão bem como nos fazer felizes através dos seus deliciosos cozinhados.
A jardineira é daqueles pratos que eu adoro e é tão reconfortante... capaz de me confortar até a alma.


Ingredientes:
- 1 cebola grande
- 2 dentes de alho
- 500gr carne de vaca
- 1 chávena de ervilhas
- 1 tomate grande pelado e maduro (ou 2 mais pequenos)
- ½ chouriço
- 1 folha de louro
- 2 batatas médias
- 1 cenoura grande
- Sal e pimenta q.b.
- 1 malagueta seca
- azeite q.b.

Preparação:
Comece por descascar e picar a cebola.
Leve um tacho ao lume com azeite a cobrir o fundo, adicione a cebola e deixe refogar um pouco. Junte os dentes de alho bem picadinhos e o chouriço cortado às rodelas e deixe cozinhar até a cebola começar a ficar douradinha.
Nessa altura adicione a folha de louro, o tomate maduro picadinho e misture bem. Refresque com um pouco de água e deixe levantar fervura.
Adicione a carne de vaca cortada em pequenos pedaços e tempere com sal, a malagueta seca e um pouco de pimenta a gosto.
Assim que levantar fervura, reduza o lume e deixe cozinhar até a carne estar macia. Quando a carne estiver pronta acrescente os legumes (cenoura às rodelas, batatas aos cubos e as ervilhas), acrescente água (se necessário), deixe levantar fervura e rectifique os temperos.
Cozinhe até os legumes estarem prontos e tudo bem apuradinho.


Bom apetite.

0 comentários:

Enviar um comentário