Iogurte Grego Caseiro II

Já aqui vos falei de como faço os meus iogurtes gregos caseiros mas no outro dia quando vos mostrei o meu snack da manha pediram-me que publicasse novamente como faço os iogurtes. São muito fáceis de fazer, mas é preciso tempo e paciência pois não é em 10 minutos que temos os iogurtes prontos a comer. É uma questão de organização. Imaginem, eu olho para o frigorífico e vejo que tenho dois ou três iogurtes, está na altura de fazer mais. Mas claro que depende do número de iogurtes que consomem diariamente. 
Faço o preparado à noite que fica a fermentar pelo menos 8 horas. De manha, com o iogurte fermentado, ponho-o a escorrer até obter a consistência desejada.
Agora, para me ajudar neste processo, uso o meu kit para preparar queijo creme que a Tescoma me enviou. É perfeito para o queijo creme mas é igualmente perfeito para preparar o iogurte grego.
Em relação ao leite que uso, neste momento estou a usar o novo leite de pastagens da Terra Nostra, do programa Leite de Vacas Felizes. Encontrei-o em promoção no supermercado, o preço era mesmo convidativo a experimentar e foi o que fiz. Noto que ao fim de 8 horas de fermentação  o iogurte está mais preso e depois de escorrer obtenho mais quantidade de iogurte do que antes. O sabor é magnífico e tem feito as nossas delícias. 


Ingredientes:
- 1 litro de leite 
- 1 iogurte natural
- adoçante a gosto, podem usar açúcar, mel, o que mais gostarem


Preparação:
Comece por levar o leite a lume e deixe aquecer até começar a fazer bolinhas de lado. Nessa altura retire do lume e deixe arrefecer até aos 45ºC. Se é como eu e não possui termómetro, use a seguinte dica: coloque o dedo indicador no leite e se aguentar a temperatura por dez segundos, o leite está no ponto para receber o iogurte. 
Adicione então, o iogurte ao leite e bata com uma vara de arames. Nesta altura pode adoçar o iogurte.
Coloque o preparado dentro de um recipiente, eu coloco dentro da taça do meu kit para queijo creme, sem ter o cesto dentro claro. Tape o recipiente com uma tampa ou um prato e embrulhe numa manta bem quentinha.
Pré-aqueça o forno a 180ºC durante 1 minuto. Desligue o forno e coloque o vosso (futuro) iogurte dentro do forno. Deixe fermentar durante pelo menos 8h, sem abrir a porta do forno. Esta é a parte em que precisamos ter paciência. Eu costumo preparar o iogurte à noite e deixo-o a fermentar até de manhã.
Passados esse tempo devemos ter um iogurte gigante. Para quem quer iogurtes normais para nesta altura, mas para quem quer iogurte grego tem ainda um passo à fazer.


Para iogurte grego:
Coloco um pano dentro do cesto do kit para queijo creme e ponho o iogurte dentro do pano. Encaixo o cesto na taça, ponho a tampa e levo ao frigorífico. Para quem não tem este acessório, coloque um coador grande ou um passador/peneira, sobre um recipiente bem lavado e seco. Dentro do coador coloque um pano de cozinha lavado, ou musselina. Coloque o iogurte dentro do pano. Tape com um prato e coloque dentro do frigorífico umas duas horas.
O que se pretende é que o iogurte largue o soro e fique consistente. 
Passado esse tempo, retire o iogurte e mexa-o. Pode colocar num frasco grande ou fazer como eu e dividir por frascos pequenos em doses individuais, prontos a irem connosco para qualquer lado.