Vila Nova de Mil Fontes - Onde Comer e Onde Ficar

O ano passado estive uns dias em Vila Nova de Mil Fontes. Cheguei-vos a contar aqui e no Facebook do blog. Estes dias recebi um simpático email de uma leitora que me pediu se seria possível fazer um artigo sobre onde fiquei e onde comi. É claro que o faço com todo o gosto!
Vila Nova de Mil Fontes (ou melhor o nosso país) tem uma gastronomia muito rica, por isso foi um deleite os dias que lá passei. Mas vamos então começar.

Vila Nova de Mil Fontes não é um local com muitos hotéis. Tive de procurar bem e com tempo pois queria ficar no centro da vila e perto q.b. da praia. Consegui encontrar isso no Mil Reis. É um hotel pequenino, com poucos quartos, mas muito simpático. O quarto era muito espaçoso, limpo e com uma varanda enorme que me proporcionou umas boas horas de leitura. Pedi se era possível ter um mini-bar no quarto para guardar algumas águas e iogurtes, e o meu pedido foi levado em consideração. O pequeno almoço era simples mas era tudo muito bom e estavam sempre a repor.
A relação qualidade/preço, visto estarmos num local que não tem assim muitos alojamentos, ficou dentro da média. E o melhor de tudo é que me proporcionou uns belos dias de descanso.


Uma das maiores dificuldades foi na hora das refeições. Existem muitos restaurantes mas o que víamos é que estavam sempre cheios. Então no primeiro dia tivemos uma certa dificuldade. 
Acabamos por jantar no restaurante Ritual. É um local moderno, com uma decoração original e música ambiente bastante agradável. Quem nos atendeu foi extremamente simpático mas achei o serviço muito lento. E teve um ponto negativo, juntam muito as mesas só com 2 pessoas, então não nos sentimos suficientemente à vontade. A comida estava muito boa e no final o saldo foi positivo.


Quando pesquisei sobre onde comer em VN de Mil Fontes aparecia-me sempre a Tasca do Celso, por isso entrou logo para a lista. Reservamos porque já se sabia que dificilmente conseguia mesa. 
Só vos posso dizer que vale muito a pena. A decoração da sala é espectacular, o atendimento é top e a comida é do melhor! Uma verdadeira maravilha e quando voltar a Mil Fontes com toda a certeza voltarei à Tasca do Celso.


Outro restaurante que nos ficou debaixo de olho foi O Pescador. Todos os comentários falavam do maravilho arroz de marisco e do arroz de tamboril. Reservamos para um jantar e lá fomos nós com a ideia de experimentar o tal maravilhoso arroz de marisco. Foi uma surpresa bastante agradável. O local é muito simples mas a comida é do melhor. O arroz estava uma verdadeira delícia e difícil foi encontrar arroz no meio de tanto marisco. Fomos muito bem atendidos, todas as pessoas do staff são muito simpáticas. 

Mesmo em frente ao nosso hotel havia um restaurante, com poucas mesas mas que nos despertou alguma curiosidade - O Portal da Vila. Decidimos ir lá jantar um dia, mas para isso tivemos de reservar. É o meu maior conselho a todos os que passem férias em VN de Mil Fontes, escolham os restaurantes que querem experimentar e reservem. Em época alta é muito complicado arranjar mesa.
Chegamos e a experiência começou logo a correr mal. Tínhamos feito reserva há dois dias, mas alguém a perdeu. No final arranjaram-nos uma mesa e sentamo-nos. O serviço é muito lento, mas mesmo muito. Estivemos 1 hora à espera do jantar. Nota-se que andam ali meio perdidos, sem saber muito bem o que fazer.
Durante o tempo que lá estivemos conseguimos reparar em várias coisas e uma delas é que ninguém sabe falar inglês. Era de fazer chorar as pedras da calçada vê-los a atender os turistas. Claro que isso a nós não nos prejudicou, mas é mais uma curiosidade.
A comida estava boa, não era nada de outro muito, mas estava saborosa, bem confeccionada e nas proporções certas.
Não é um restaurante imperdível em Mil Fontes, mas escapa.

Os nossos dias passavam-se de forma muito simples. Pequeno almoço no hotel e praia. Um almoço simples e leve. Tardes de passeio e de leitura pela vila. Finais de tarde na praia.
Para os almoços optamos sempre pelo mesmo sítio - Paparoca. Trata-se de um local muito simples, com alguns pratos do dia, sopa, sandes, saladas, batidos, sumos naturais e sobremesas. Não posso falar sobre os pratos do dia pois optamos sempre por sopa, sandes e saladas. Mas do que provamos, gostamos muito. É perfeito para uma refeição mais leve, o ideal após umas horas de praia.

Julgo não me ter esquecido de nada. Mas qualquer dúvida já sabem é só dizerem. E se quiserem acrescentar alguma coisa, por favor, façam-no através dos comentários.