Pescada Mediterrânea com Batatas Coradas

Esta semana está a ser complicada e hoje ainda só é Sexta.
Com o B. fora em trabalho (felizmente por poucos dias) a casa ficou vazia e eu também. Ontem com esta correria nem consegui vir ao blogue nem ao Facebook. À noite, quando parei, estava tão cansada que não conseguia escrever uma frase que fosse. 

Por outro lá, no próximo Sábado é o Workshop em Vila do Conde. Estou a preparar tudo, só espero que gostem. Ah e ainda há vagas por isso se quiserem inscrevam-se.

Esta é a primeira receita do dia. Hoje vou publicar duas para compensar a falha de ontem. Começamos com um peixinho para o almoço. Uma pescada, preparada com sabores muito frescos. Estava uma delícia. E para acompanhar umas simples batatas coradas.
Uma refeição fresca, leve e saborosa.



Ingredientes:
4 medalhões de pescada
1 tomate
sal e pimenta q.b.
50gr de manteiga
raspa de 1 limão
vinho branco q.b.
1 raminho de salsa
6 batatas médias
azeite q.b.



Prepração:
Num tabuleiro forrado com duas folhas de papel vegetal, disponha os medalhões de pescada.
Tempere cada medalhão com sal e pimenta. Em cima de cada um coloque uma pequena noz de manteiga, 10gr +/-.
Corte o tomate às rodelas e disponha duas rodelas de tomate por cima de cada medalhão e regue com um pouco de vinho branco.
Termine polvilhando os medalhões com a raspa de limão e a salsa. Feche um pouco o papel para fazer uma espécie de embrulho. 
Leve o tabuleiro ao forno a 180ºC e em 15/20 minutos os filetes estão cozinhados.

Descasque as batatas e coloque-as inteiras a cozer em água temperada de sal. A ideia é dar uma primeira cozedura, sem exageros, pois irão terminar de cozinhar na frigideira. Quando levantar fervura deixe cozer uns 4/5 minutos. 
Retire da panela e corte as batatas em rodelas com um dedo de altura.
Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e coloque as batatas a corar, até ficarem estaladiças.

Retire o peixe do papel e disponha numa travessa. À volta coloque as batatinhas e sirva. 
Bom apetite.