Refogado de Bacalhau - Receitas para congelar

Continuamos com dias de sol, infelizmente eu continuo constipada, já estou assim à quase 2 semanas. Como não me posso dar a este estado de moleza, mas também não me posso dedicar ao jardim, dedico-me à cozinha. 
Apesar de ter algum tempo disponível que me permite cozinhar todos os dias, às vezes preciso de algo rápido por um qualquer motivo que o tempo para cozinhar seja menor.
Posto isto, gosto sempre de ter algumas refeições adiantadas e congeladas. O refogado de bacalhau é muito versátil, basta descongelar uma caixinha e inúmeras receitas podem logo surgir.

Peço desculpa pela foto que não está muito boa, mas foi com a câmara do telemóvel


Ingredientes:
| 800gr de migas de bacalhau
| 3 cebolas
| 4 dentes de alho
| folhas de louro a gosto (eu coloquei 2)
| sal e pimenta a gosto
| azeite a gosto

Preparação:
Descasque as cebolas e corte-as como for do seu agrado, ou seja, normalmente a cebola é cortada em meias luas fininhas, mas eu por exemplo prefiro pica-la e desta forma fica disfarçada.
Descasque os alhos e pique-os finamente. Junte tudo numa caçarola e adicione o azeite. Não vos consigo dar uma quantidade certa de azeite, eu coloco bastante confesso, para que em cada caixinha que vai a congelar eu consiga colocar algum azeite e o refogado não fique seco. Podem colocar algum a medo e depois de adicionar o bacalhau se virem que está seco adicionam um pouco mais de azeite.
Adicione também as folhas de louro e leve ao lume até a cebola estar translúcida.
Acrescente então as migas de bacalhau bem escorridas, o bacalhau deve estar previamente demolhado. Deixe cozinhar no refogado.
Tempere com pimenta, eu gosto dela acabada de moer, dá um toque especial e veja se precisa de sal.
Quando o bacalhau estiver cozinhado, desligue e retire as folhas de louro que já fizeram a sua parte.
Divida em caixinhas e deixe arrefecer completamente. Depois congele e quando precisar é só descongelar e fazer por exemplo Bacalhau à Brás.



0 comentários:

Enviar um comentário